O nosso post ambiental de hoje traz, novamente, o assunto do combate ao coronavírus e as consequências da pandemia, mas desta vez de uma perspectiva diferente.
A necessidade da quarentena e isolamento social em quase o mundo todo geraram consequência positivas para o meio ambiente: houve uma grande diminuição da poluição atmosférica, com a redução de carros nas ruas e funcionamento de fábricas. Segundo a Cetesb, a poluição atmosférica em São Paulo foi reduzida em 50% após apenas 1 semana de quarentena. 50% também foi a porcentagem relativa à diminuição de monóxido de carbono em Nova York. Na Itália, até os canais de Veneza, característicos por serem escuros devido à grande circulação de turistas, se tornaram cristalinos, e até com a presença de peixes em algumas áreas, o que não era visto há décadas.
É neste momento que percebemos o quanto a vida humana impacta no meio ambiente que vivemos, não é? Este é mais um dos vários avisos que recebemos da natureza: preserve-a! E não esqueça, neste momento, fique em casa! Saiba como proteger você e sua família, acesse saude.gov.br/coronavirus 🦠❌
Fontes: SuperInteressante

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *