Catia Oliveira avançou à final da sua categoria, classe 2, e levou a medalha de prata do torneio.

Catia Oliveira, mesatenista paralímpica que foi convocada para a Seleção Brasileira na disputa do Mundial Paralímpico, que ocorreu na Eslovênia, entre os dias 15 e 21 de outubro.

Disputando o torneio pela Classe 2, Catia fez uma campanha muito eficiente, e venceu atletas que inclusive estavam à sua frente no ranking mundial (Até antes do início do campeonato, Catia ocupava a 6° posição).

Nas quartas de final, Catia superou a Russa atual número 3 do mundo Nadejda Pushpasheva por 3×0, parciais de 11/4,11/7 e 11/9. Na semi final, a brasileira encarou a italiana número 2 do mundo, Giada Rossi, em um jogo duríssimo, e levou a vaga para a semi final, ao vencer por 3 sets a 2, parciais de 11/7, 11/7, 6/11, 5/11 e 11/4.

No último sábado (20), Catia disputou a grande final do Mundial Paralímpico contra a número 1 do mundo, a Sul Coreana Su Yeon Seo. A brasileira fez um jogo duro e dificultou o jogo da Coreana, mas acabou sendo derrotada por 3 sets a 0, parciais de 3/11, 10/12 e 11/13.

Além de ter sido a primeira brasileira a chegar em uma final, também foi a primeira a ganhar uma medalha em Mundiais Paralímpicos.

Após a medalha, o treinador de Catia em Bauru e presidente da Nova Era, Adilson Toledo se emocionou e parabenizou Catia e a equipe pela grande campanha:

“Trabalhamos muito para que esse dia chegasse. Foram dois anos de foco total para essa competição e o resultado está aí, a primeira final da história do Brasil na modalidade! Agora vamos colocar todas as nossas energias para 2020, em Tóquio, que será às Paralimpiadas e voltaremos de lá com um Ouro.”

Fotos: Roberto Castro/ rededoesporte.gov.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *